Ago
14
2012

A VERDADE SOBRE OS HORMÔNIOS BIOIDÊNTICOS

Escrito por Laisa Celso Última atualização (14 Agosto 2012)
PDFImprimirE-mail

HORMÔNIOS BIOIDÊNTICOS - A Reportagem antiética da TV Globo sobre antienvelhecimento tem resposta 

 

 

Dr. Ítalo Rachid

Em 05 de agosto passado, fomos “brindados” com um dos maiores e inconsequentes absurdos jornalísticos. A TV Globo (Programa “Fantástico”), de modo omisso, tendencioso e antiético, abordou um tema da mais absoluta relevância – a Longevidade Saudável – sem a necessária honestidade, fato comum e recorrente na atuação da referida empresa ao longo das décadas. Abaixo, leia a posição do Grupo Longevidade Saudável, comandado pelo Dr. Ítalo Rachid

 

Grupo Longevidade Saudável

Posicionamento Oficial aos Médicos e à Sociedade Brasileira

Diante dos recentes acontecimentos midiáticos, inverídicos e sensacionalistas envolvendo e com o explícito intuito de denegrir o conceito da moderna medicina preventiva que defendemos e praticamos, a bem da verdade e em total respeito aos médicos, profissionais da saúde, sociedade brasileira, milhares de cidadãos que por ela espontaneamente optaram e dela se beneficiam, e, ainda mais importante, com o intuito de assegurar o livre arbítrio e o direito constitucional à liberdade de expressão e ao livre e pleno exercício da medicina, o Grupo Longevidade Saudável torna público o seu posicionamento oficial.

 

1. Resumo do parecer jurídico emitido pela R. Amaral Advogados

Associados, assinado por um de seus representantes, doutor Alexandre dos Santos Linhares, OAB/CE 15.361, acerca da Resolução nº 1.938/2010, editada pelo Conselho Federal de Medicina – CFM, através do D.O.U. de 05 de fevereiro de 2010:

a. Esse dispositivo legal ou a ementa da norma em nada trata acerca de tratamentos médicos com reposição/modulação hormonal. Logo não se pode fundamentar juridicamente alguma proibiçãolegal aos procedimentos médicos de reposição/modulação hormonal indicados pelos Consensos do Grupo LONGEVIDADE SAUDÁVEL pelo simples fato de conter na Res. CFM n. 1.938/2010 (art. 9o) a expressão “vedadas quaisquer terapias antienvelhecimento”.

b. Após inúmeras leituras da Resolução CFM 1.938/2010 pode-se afirmar categoricamente que inexistem quaisquer vedações que se apliquem aos procedimentos médicos de reposição/modulação hormonal adotados pelos médicos do Grupo Longevidade Saudável.

c. Conclui-se, portanto, que a Resolução CFM n. 1.938/2010 não regulamenta, não veda, não proíbe, logo não se aplica aos procedimentos médicos de reposição/modulação hormonal indicados pelos Consensos do Grupo LONGEVIDADE SAUDÁVEL.

 

2. Posição do Grupo Longevidade Saudável frente ao Parecer técnico da Câmara de Geriatria:

a. O parecer da Câmara Técnica de Geriatria, divulgado de forma tendenciosa, aética e amoral no site do Conselho Federal de Medicina na segunda-feira dia 06.08, “coincidentemente” e imediatamente após o programa dominical da rede globo é meramente uma opinião restrita, unilateral e isolada, com seríssimos desvios e flagrantes conflitos de interesses. Além disso, o documento é plenamente passivo de um amplo e profundo e processo de contestação técnica, médica e JURÍDICA, e, mesmo que depois de finalizado todo o dito processo seja acatado, o mesmo terá que sofrer um trâmite técnico e burocrático no CFM para, finalmente, depois de analisado, validado e votado em plenária, transformar-se em UMA RESOLUÇÃO. Ainda que se transforme em resolução, caberá, igualmente, mais uma rodada de contestações técnicas, médicas e legais, podendo, mesmo nesta fase, sofrer revés e ser anulado juridicamente.

Por enquanto, este documento não passa de um amontoado de suposições e arbitrariedades que, portanto, não possui qualquer valor jurídico e não merece qualquer respeito.

 

3. Denegrir, expor e desonrar a imagem pessoal e profissional:

a. Foi notória e explícita a forma antiética, ilegal, abusiva e agressiva com que o relator do parecer, médico Jéferson Zafalon, procurou expor a imagem do Dr. Ítalo Rachid perante a sociedade brasileira. Importante informar que o Dr. Ítalo Rachid possui comprovações para citar o ponto questionado em seu currículo, e que o assunto está de posse de sua assessoria jurídica, que está adotando todas as providencias pertinentes ao caso.

 

4. Dos médicos suspensos citados no programa da TV Globo:

a. Não foi apresentado o real motivo da suspensão do exercício profissional dos cinco médicos citados na matéria. Portanto, não houve comprovação que as punições possuíssem quaisquer relações com o uso de hormônios Bioidênticos, bem como das terapias recomendadas nos protocolos do Grupo Longevidade Saudável.

 

 

Das quase 3 horas que passou ao lado do Dr. Rachid, o repórter global Rodrigo Alvarez emplacou muito pouco na edição final da reportagem, prejudicando inominavelmente profissionais e público

 

5. Do risco de câncer associado ao uso de hormônios bioidênticos:

a. Ao longo de todo o transcurso do programa, não se conseguiu demonstrar a presença física de uma única pessoa que tivesse sido vitima de câncer por estar usando hormônios bioidênticos, o que corrobora exatamente com o que a literatura científica confirma e já sabemos todos pela prática – que os hormônios bioidênticos estimulam o reparo, o sistema imunológico e a vigilância contra a replicação tumoral. Tudo isto significa que manter pessoas envelhecendo com níveis circulantes hormonais dentro dos limites fisiológicos e não dentro dos níveis “normais”, e não está associada ao risco de câncer, conforme algumasreferências abaixo mencionadas:

 

I. Rhoden, W. et al., “High levels of circulating testosterone are not associated with increased prostate cancer risk” -New England Journal of Medicine 2004 Mar; 163(3):824-7

II. The increase of prostate cancer is not increased by T administration. – Basaria, A. et al., “Anabolic androgenic steroid therapy in the treatment of chronic diseases”, “ The Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism 2004; Vol 86. No. 11:5108-5117

III. There is absolutelly no clinical evidence that the risk of either prostate cancer or BPH increases with transdermal testosterone replacement. Morley, J. et al., “Testosterone replacement and the physiologic aspects of aging in men”, “ Mayo Clinic Proc 2000; 5(suppl):583-7

IV. Progesterone protects, progestins worsen cancer risk. The risk was significantly greater ( p < 0.001) with HRT containing synthetic progestins than with HRT containing bioidentical Progesterone. The RR respectively 1.4 and 0.8 20% decrease in risk with bioidentical progesterone – Fournier A. et al. Breast cancer risk in relation to different types of hormone replacement therapy in the E3N-EPIC cohort study. International Journal of Cancer .2005 Apr 10;114(3):448-54

V. 80.377 postmenopausal women. No increase in breast cancer in women on E2 and Progesterone. CEE+MPA had RR of 1.69 or 69% increase in risk of breast cancer. These findings prove that bioidentical hormones are undoubtedly safer – Fournier A. et al. Unequal risks for breast cancer associated with different hormone replacement thearpies: results of the E3N-EPIC cohort study. Breast Cancer Research Treat .2007 Feb 10;104(13):373-91

VI. “No evidence that GH replacement therapy affects the risk of cancer or cardiovascular disease”. Vance M, CJ. et al., “GH Therapy in Adults and Children. The New England Journal of Medicine. October 14, 2000.

VII. Although there has been concerns about an increased risk of cancer, reviews of existing well-maintained databases of treated patients have shown this theoretical risk to be nonexistent. M0olitch ME. et al., “Diagnosis of GH deficiency in adults – how good the criteria need to be ? J Clin Endocrinol Metab 2002 Feb; 87(2):473-6

VIII. Tumor recurrence not greater than in patients not on GH

IX. No increase in cancer in children on GH replacement. No evidence of an increase risk of malignancy, recurrent or de novo. Shalet SM, Brennand BM, Reddingius RE. “Growth Hormone Therapy and Malignancy. Hormone Research 2002 Feb; 48 Suppl 4:29-32

X. There is no data to suggest that IGF-1 and IGFBP 3 modulate cancer risk in GH treated patients. There is no data to support that active malignancy is a contraindication for GH supplementation. No evidence that GH increases cancer recurrence or de novo cancer or leukemia. Hypopituitary patients have increased risk of cancer. Growth Hormone Research Society. J Clin Endo Metab, May 2001.

 

6. Da manipulação propositada e antiética de informações:

a. O jornalista responsável pela matéria, senhor Rodrigo Alvarez, gravou mais de DUAS HORAS de entrevista no escritório do Dr. Ítalo Rachid em Fortaleza, aonde, durante aquele tempo, foi plenamente exposto a incontáveis referências, informações e trabalhos científicos que comprovam e validam a eficácia, a seriedade e a importância deste modelo de medicina. A entrevista foi propositadamente maquiada e editada, de modo que todas as informações cruciais necessárias ao seu pleno e correto entendimento foram omitidas e a participação do Dr. Ítalo Rachid na matéria não passou de meros segundos, o que tornou completamente impossível para o público compreender a relevância do tema para a saúde humana.

 

7. Dos objetivos da ida ao CFM:

a. Ainda na mesma matéria, o jornalista equivoca-se quando informa que o Dr. Ítalo Rachid foi ao CFM no dia 13.05.2011 requerer o reconhecimento do “antienvelhecimento” como especialidade médica. O pleito, devidamente registrado em ofício e encaminhado diretamente ao presidente do CFM, Dr. Roberto D´Ávila, foi simplesmente - após apresentar, por mais de duas horas em palestra proferida em plenária as bases científicas deste movimento, e deixar na íntegra os slides apresentados em conjunto com uma coletânea de mais de 8.000 trabalhos, que, ainda assim, nem de longe representam o universo de informações científicas sobre o assunto – requerer que o CFM emitisse pura e simplesmente um PARECER sobre o caráter TÉCNICO e ÉTICO do assunto. Isso, em outras palavras quer dizer, arguir junto ao CFM se algum médico que trabalhe aplicando todos aqueles conceitos estaria ferindo algum dispositivo, norma ou lei que regule a prática médica no país. Em síntese, se nós estaríamos ou não praticando medicina e, se por alguma razão não estamos, que ela ficasse explícita e justificada, sob a análise IMPARCIAL de um grupo multidisciplinar capaz de discutir e analisar o tema em toda a sua abrangência, fato que não ocorreu, conforme contestação anterior apresentada e documentada no CFM pelo Grupo Longevidade Saudável,anteriormente a emissão do dito parecer, sendo esta contestação devidamente amparada legalmente pelo seu departamento jurídico, fato este que foi simplesmente ignorado e deixado a revelia pelo CFM, ou no mínimo, sem que o mesmo nos desse qualquer tipo de resposta ou pronunciamento.

b. Vale ressaltar que os estudos apresentados não tinham o “antienvelhecimento” como tema central, e sim, a redução, com o uso dos hormônios, do impacto dos malefícios advindos do envelhecimento.

 

 

Para conhecer o site e trabalho realizado pelo Grupo Longevidade Saudável, clique no link no final da postagem

c. Importante também é ressaltar o fato de que as modalidades terapêuticas que disponibilizamos aos nossos clientes vão bem além de hormônios, e incluem:

d. – Detoxificação;
e. – Reeducação Alimentar;
f. – Manuseio do estresse;
g. – Prática regular de atividade física;
h. – Diagnóstico e correção da fadiga mitocondrial;
i. – Diagnóstico e correção da atividade inflamatória subclínica;
j. – Mapeamento genético;
k. – Aconselhamento genético;
l. – Suplementação nutracêutica funcional;
m. – Modulação hormonal bioidêntica.

 

8. Dos ataques pessoais à nossa credibilidade técnico-científica:

a. O assunto já vem sendo tratado na instância jurídica, com a exigência de documentação comprobatória e atribuição das devidas responsabilidades. Diante dos fatos elencados, informamos que todas as medidas cabíveis ao momento, em todas as esferas, estão sendo devidamente adotadas e não hesitaremos um único segundo em recorrer a todas as instâncias e usar amplamente todos os recursos e instrumentos que assegurem os nossos direitos, o pleno restabelecimento da verdade e o amplo exercício da cidadania.

O que desejamos deixar bem claro a todos, é que INEXISTE qualquer motivo ou razão para perdemos a tranquilidade, a serenidade, o otimismo, a alegria e, ainda mais importante, a INABALÁVEL convicção de que estamos do lado da VERDADE!

 

Cordiais saudações,

 

Dr. Italo Rachid– CREMESP 114612
Diretor Científico do Grupo Longevidade Saudável
Site: http://www.longevidadesaudavel.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/grupolongevidadesaudavel

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar