A importância da Coenzima Q10 na Síndrome de Down


Os radicais livres são produzidos naturalmente no nosso organismo e até certo ponto são essenciais para a manutenção da vida. Nossas células possuem mecanismos de defesa para limitar os níveis intracelulares de radicais livres e controlar a ocorrência de danos causados por eles. Porém, quando a formação destas moléculas é superior a capacidade de defesa antioxidante das nossas células, ocorre um desequilíbrio conhecido como estresse oxidativo, que é responsável por causar dano celular e contribuir para o processo de envelhecimento e manifestação de várias doenças.

Na Síndrome de Down (SD) o estresse oxidativo já inicia precocemente na gestação e está relacionado principalmente pelo aumento da atividade da enzima SOD1, que gera um acúmulo de radicais livres nas células. Isso contribui diretamente para as manifestações clínicas da Síndrome de Down, incluindo a deficiência do sistema imunológico.

Crianças com Síndrome de Down apresentam respostas imunes menos eficazes e, portanto, são mais propensas a infecções virais/bacterianas recorrentes e doenças autoimunes. A disfunção do sistema imunológico na Síndrome de Down foi atribuída ao número reduzido de linfócitos B, a modificações do subgrupo de células T, bem como aumento dos níveis de citocinas pró-inflamatórias.

Um estudo publicado no Jornal de Pediatria em janeiro de 2017 mostrou a relação entre os níveis séricos baixos de Coenzima Q10 e os níveis altos de alguns marcadores pró-inflamatórios em crianças com Síndrome de Down. Esta correlação demonstra que a deficiência do antioxidante coenzima Q10, está diretamente relacionada ao desequilíbrio dos radicais livres nas células destas crianças. A coenzima Q10 tem seus níveis reduzidos na tentativa de reverter o estresse oxidativo celular que gera inflamação e desencadeia os vários sintomas da síndrome.

Desta forma, a coenzima Q10 deve ser considerada uma boa suplementação em crianças com Síndrome de Down para a melhoria do sistema imune e dos sintomas neurológicos. Vários estudos sugerem que, além da CoQ10, a suplementação de micronutrientes essenciais como metifolato, vitamina B6, C e E, zinco, selênio, ácido α-lipóico e L-cisteína, iniciados no prénatal, na infância ou mesmo após, podem prevenir ou atrasar o início de problemas cognitivos em pessoas com SD.

Escolha sempre as formas de Coenzima Q10 mais biodisponíveis e eficazes – Coenzima Q10 Ubiqsome® e Kaneka Ubiquinol™.

Não esqueça de sempre consultar o seu médico ou nutricionista.

12 visualizações

Horário especial de atendimento

(durante o período de enfrentamento do

novo coronavírus)

Seg a sex das 9h às 18h

Sábado das 8h30min às 12h

ESTACIONAMENTO EMPORIUM

Rua Tereza Cristina, 270

Estreito - Florianópolis - SC