Blog Saúde e Bem Estar Emporium

Coleus forskohlii – Perda da gordura corporal com ganho de massa magra

O que é

O Coleus Forskohlii é uma planta pertencente à família Labiatae que cresce nas regiões áridas e semi-áridas da Índia. É muito conhecida pela sua atividade vasodilatadora e lipolítica. É comercializada como extrato padronizado com 10% de ativo (forskolin).


Propriedades


O mecanismo básico da ação do forskolin é a ativação de uma enzima, a adenilato ciclase, a qual aumenta o nível de AMPc na célula. AMPc é talvez o regulador celular mais importante do organismo. Uma vez formado, ele ativa muitas outras enzimas envolvidas em diversas funções celulares. A elevação dos níveis de AMPc ocasiona efeitos biológicos e fisiológicos tais como:

  • Inibição da ativação plaquetária e degranulação;

  • Inibição da liberação de histamina;

  • Aumento da força de contração do músculo cardíaco;

  • Relaxamento das artérias e músculo liso;

  • Aumento da secreção de insulina, da função da tireóide e lipólise.

O mecanismo bioquímico de aumento ou manutenção da massa magra está relacionado com a viabilidade de AMP cíclico. Pela facilitação hormonal, o AMP cíclico pode regular a resposta termogênica do organismo ao alimento, aumentar a taxa do metabolismo e aumentar inclusive a utilização de gordura (desde que a termogênese é preferencialmente mantida por ácidos graxos derivados da gordura corporal ou do alimento).


Um aumento de AMP cíclico leva a uma consequente ativação da proteína quinase. Esta tem sido responsável pela ativação da enzima lipase, que dispõe os triglicerídeos, conhecidos por formar placas de tecido adiposo. Outro fator relevante no mecanismo de perda de peso pela Forskolin envolve a ação estimulante da tireóide, comparável em força a tireotropina ou TSH. A ação estimulante da tireóide pode também contribuir para o aumento na taxa do metabolismo e na termogênese. Está ainda envolvida na regulação da secreção de insulina.


Indicações

  • Regimes de emagrecimento com diminuição da massa gorda e aumento da massa magra. Uma vez que aumenta o nível de AMPc, o forskolin aumenta a resposta termogênica com conseqüente aumento do metabolismo celular. Desta maneira, estimula a quebra da gordura armazenada, a lipólise e inibe a síntese de gordura pelos adipócitos.

  • Estímulo da glândula tireóide com liberação de seus hormônios. Estes produzem um aumento geral no metabolismo, dos carboidratos, gorduras e proteínas e aumento do consumo de O2 (termogênese).

  • Problemas cardiovasculares: hipertensão, ICC, isquemia cardíaca, problemas cerebrovasculares;

  • Problemas respiratórios: obstrução crônica da respiração, asma;

  • Problemas digestivos: dificuldade de deglutição (estimula a síntese de amilase e pepsinogênio);

  • Problemas de pele: psoríase.


Estudo Clínico


O estudo realizado com o Coleus forskohlli, envolveu um grupo composto por seis mulheres, todas acima do peso, com índice de massa corporal maior que 25. A formulação testada estava na forma de cápsulas, cada cápsula contendo 250 mg de Forskohlli (cápsulas de 250 mg de extrato padronizado forskolin 10%). As mulheres receberam a formulação duas vezes ao dia, durante oito semanas. Foram instruídas para ingerir uma cápsula de manhã e a outra à tarde, meia hora antes das refeições. Cada participante do estudo deveria continuar com seus hábitos de exercício físicos e alimentares. Durante o período de testes, os valores médios de peso corporal e gordura total diminuíram significativamente.


Concentração recomendada


A recomendação de uso é de 250mg de Coleus forskohlli, duas vezes ao dia, meia hora antes das refeições.


Contraindicações


Em casos de hipotensão e ulceras péptica.


Precauções


Coleus pode agir potencializando o efeito de drogas antiasmáticas e antihipertensivas.


Reações adversas


Nos estudos clínicos realizados não foram constatados efeitos adversos, como aumento da pressão sistólica/diastólica ou frequência cardíaca. Pelo contrário, foi registrada uma diminuição da pressão sistólica/diastólica durante o tratamento.


Não esqueça de sempre consultar o seu médico.


Para mais informações, ligue para (48) 3344-6060 ou envie um e-mail por aqui.




REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Agarwal KC, Parks RE. Forskolin: A potential antimetastatic agent. Int. J. Cancer, v. 32, p. 801–4, 1983.

Badian M, Dabrowski J, Grigoleit HG, et al. Effect of forskolin eyedrops on intraocular pressure in healthy males. Klin. Monatsbl. Augenheilkd. v. 185, p.522–6, 1984.

Caprioli J, Sears M. Forskolin lowers intraocular pressure in rabbits, monkeys and man. Lancet, p.958–60, 1983.

Dubey MP, Srimal RC, Nityanand S, Dhawan BN. Pharmacological studies on coleonol, a hypotensive diterpene from Coleus forskohlii. J. Ethnopharmacol.. v.3, p. 1–13, 1981.

Kramer W, Thormann J, Kindler M, Schlepper M. Effects of forskolin on left ventricular function in dilated cardiomyopathy. Arzneim. Forsch., v. 37, p.364–7, 1987.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Categorias
Siga
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Google+ Icon

Horário especial de atendimento

(durante o período de enfrentamento do

novo coronavírus)

Seg a sex das 9h às 18h

Sábado das 8h30min às 12h

ESTACIONAMENTO EMPORIUM

Rua Tereza Cristina, 270

Estreito - Florianópolis - SC